Depois de ganhar a liga espanhola, uma boa prestação no EURO2012 pode lançar definitivamente Cristiano Ronaldo para a Bola de Ouro, mas o selecionador nacional, Paulo Bento, acredita que a decisão já está tomada e que o que o jogador fizer na Polónia e na Ucrânia terá pouca ou nenhuma influência na atribuição de um prémio que acredita que o avançado vai reconquistar.

«Nunca colocamos sobre o Cristiano a responsabilidade de nos resolver todos os problemas, mas acreditamos que nos pode ajudar a resolver alguns. De qualquer modo, o que o Cristiano fizer no Europeu não vai ter qualquer influência na decisão de quem vai ganhar a Bola de Ouro. Aquilo que tinha de ser contemplado já o foi, com a época que fez, os números que apresentou e o facto de ter ganho a liga espanhola. Parece-me que vai ganhar a Bola de Ouro, independentemente do que conseguir no EURO», que realçou ainda que esse troféu não pode ser uma forma de pressão para o atleta.

«Para ele, esse não tem de ser um objetivo, para além do que tem de querer estar bem e ajudar a seleção nacional», terminou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.