O FC Porto venceu esta noite o Genk por 4-2, em jogo da segunda-mão do play-off de acesso à Liga Europa, e carimbou o passaporte para a fase de grupos da competição europeia.

Em conferência de imprensa, o treinador do FC Porto destacou a boa atitude dos seus jogadores, mas lamentou os primeiros 45 minutos: "Houve alguma intranquilidade na fase incial da partida. O Genk era uma equipa que nada tinha a perder, lançou-se no ataque, pressionando alto e de forma agressiva, o que nos criou dificuldades. Chegámos ao intervalo com um empate. Já no segundo tempo marcámos e passamos a estar por cima da partida, mas o 2-2 levou-nos novamente a um período em que foi preciso encontrarmo-nos em campo. Marcámos mais dois golos e acabou por ser positivo".

Apesar dos três golos de Hulk, André Villas-Boas preferiu destacar o "colectivo".

“Todos os jogadores são importantes e mostraram que perante adversidades sabem dar resposta e isso não se vê em todas equipas, acho que está à vista de toda a gente”, atirou.

O FC Porto garantiu, esta quinta-feira, a presença na fase de grupos da Liga Europa ao bater os belgas do Genk por 4-2, no Estádio do Dragão. Hulk marcou três golos, todos de bola parada.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.