Um dia depois do 108º aniversário do Corinthians, a zona de restauração do estádio foi assaltada. Tudo aconteceu na noite de sábado - madrugada de domingo em Lisboa - poucas horas depois do apito final da partida entre o clube paulista e o Atlético Mineiro (1-1), para o Brasileirão.

"A Arena Corinthians informa que por volta das 2h30 de domingo a empresa AR Foods, fornecedora de lanches e refrigerantes, foi roubada por três homens que renderam os funcionários da empresa e seguranças do estádio. O Boletim de Ocorrência foi registrado no 24º Distrito Policial de Ponte Rasa, Zona Leste, e as imagens feitas pelo CCO (Centro de Controle Operacional) já foram encaminhadas para colaborar com as investigações", pode ler-se na nota oficial do clube paulista.

O Corinthians acrescentou ainda que um dos funcionários foi feito refém durante a fuga e que os assaltantes "tentaram utilizar um carro da empresa" para fugir, no entanto, quando o alarme do veículo foi accionado e este parou, os homens decidiram libertar o funcionário e seguir a pé.

O prejuízo foi de 150 mil reais, cerca de 39 mil euros - em dinheiro, telemóveis e relógios das vítimas - e ao que tudo indica, os assaltantes conheciam o local e sabiam onde encontrar o dinheiro.

A SSP (secretaria segurança da pública) instaurou um inquérito policial para investigar o caso.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.