Há pouco mais de um mês no comando do Santos, Jesualdo já está a ver o seu lugar ser posto em causa pela direção do 'Peixe'.

Segundo avança o site 'Globo Esporte', a insatisfação com o trabalho do treinador português aumentou depois da derrota por 2-0 frente ao Ituano para o Paulista e o presidente do clube José Carlos Peres já afirmou que tomará uma decisão brevemente.

Segundo o site brasileiro a insatisfação está ligada principalmente às exibições realizadas pela equipa ao comando de Jesualdo e a folga dada pelo português aos atletas no carnaval também não caiu bem junto da direção do clube.

Contudo, há outro fator que o Santos tem em conta: o monetário.

Segundo o 'Globo Esporte', o clube teria de pagar à equipa técnica os 12 salários presentes no contrato, sendo que Jesualdo e os seus adjuntos já receberam um deles, tendo o Peixe de avançar com os restantes 11, um valor a rondar os 1,5 milhões de euros.

Jesualdo Ferreira vê assim pairar sobre si o mesmo destino que atingiu Augusto Inácio, que recém-chegado ao Avaí acabou por ser demitido ao fim de sete jogos. 

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.