A polícia brasileira está a investigar a morte do futebolista do São Paulo Daniel Correa Freitas, que faleceu na sequência de ferimentos causados por uma arma branca, anunciaram hoje fontes oficiais.

O jogador brasileiro, de 24 anos e que estava emprestado ao São Bento, foi encontrado morto no sábado numa zona rural da cidade de São José dos Pinhais, em Curitiba, capital do estado do Paraná.

A polícia Civil de Paraná informou que as investigações estão "avançadas", sendo que, segundo os órgãos de comunicação locais, o jogador estava desnutrido e apresentava sinais de tortura.

O clube paulista já reagiu e lamentou "profundamente" a morte do jogador e deu as condolências à família, numa nota publicada na sua página oficial.

"É com profundo pesar que o São Paulo lamenta o falecimento de Daniel e se solidariza com os amigos e familiares neste momento de dor", anunciou o clube em comunicado.

O Coritiba, clube em que o atleta jogou em 2017, emprestado pelo São Paulo, o Botafogo, a Ponte Preta, o São Bento e o Cruzeiro também manifestaram as suas condolências aos amigos próximos do médio brasileiro.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.