Os salário de toda a equipa técnica de Vítor Pereira, incluindo os do próprio treinador português, vão ser congelados pelo Corinthians.

De acordo com site da 'Gazeta Esportiva', esta manobra visa impedir que o clube sofra com possíveis variações de câmbio do euro, moeda utilizada nas negociações para fechar vínculo com o técnico luso.

Vítor Pereira foi anunciado como novo treinador do Corinthians a 23 de fevereiro, quando um euro valia qualquer coisa como 5,67 reais. O valor acordado nas negociações não foi oficialmente divulgado, mas de acordo com aquela publicação rondará os 300 mil euros (1,8 milhões de reais), dividido entre todos os profissionais que integram a equipa técnica.

Com este congelamento de salários, esse valor torna-se fixo, não sofrendo alterações face a variações significativas do valor de qualquer uma das moedas, ficando assim o clube alvinegro mais resguardado.

Vítor Pereira, recorde-se, já fez sua estreia como treinador principal do emblema paulista, no último fim-de-semana, com o Corinthians a perder por 1-0 com o rival São Paulo no estádio do Morumbi. O próximo encontro está marcado para sábado, diante do Ponte Preta.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.