O presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ednaldo Rodrigues, admitiu que o português Abel Ferreira, atual treinador do Palmeiras, é um dos nomes que poderá ser tido em conta para suceder a Tite como selecionador do Brasil.

Tite anunciou recentemente que vai abandonar o comando da 'canarinha' após o Mundial de 2022, no Qatar, e Abel tem sido um entre vários nomes falados para vir a ocupar o cargo.

Questionado sobre se Abel, Dorival Júnior, atual treinador do Flamengo, e Fernando Diniz, atual treinador do Fluminense) eram os principais candidatos a vir a treinar a seleção principal do Brasil, Ednaldo Rodrigues admitiu que os três estarão na corrida, juntamente com outros nomes.

"O futebol brasileiro tem um manancial extenso de grandes treinadores. Seria injusto falar só desses três, pois não quero esquecer nenhum. Confirmo esses nomes, mas teria que citar outros 10 também. Neste momento estamos focados nos nossos objetivos atuais e a seleção está muito bem comandada pelo Tite. Esse assunto será discutido após o Mundial", afirmou, garantindo porém que a CBF não tem qualquer preconceito no que toca à nacionalidade do próximo selecionador, frisando que o critério a definir o nome do próximo selecionador do Brasil será a "competência".

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.