Depois de, na última madrugada, Rodolfo Landim ter sido reeleito presidente do Flamengo, Marcos Braz, igualmente reconduzido como vice-presidente do clube carioca, admitiu que o regresso de Jorge Jesus estará nas cogitações dos dirigentes do 'Mengão'.

"Jorge Jesus tem um contrato em vigor e tem dois compromissos importantíssimos nos próximos 20 dias. É uma temeridade eu chegar e falar de Jorge Jesus, até pela situação dele no Benfica neste momento. É um treinador que deu certo no Flamengo, é um técnico que tem bastante conexão com os adeptos, até porque ganhou muito aqui. Vamos dar tempo ao tempo. Sem estar na inércia, mas com calma. Vamos ter um treinador com uma comissão técnica para, em 2022, podermos voltar aos títulos", garantiu em declarações aos jornalistas brasileiros.

"Jorge Jesus não é um plano, é uma opção. O que estou a dizer é que não vamos mexer antes de acabar o Campeonato Brasileiro. Temos dois jogos, contra Santos e Atlético-GO. Vou lá estar, como em todos os jogos. Depois iremos olhar para o mercado", acrescentou.

Também Carlos Carvalhal tem sido apontado ao Flamengo e Marcos Braz abordou igualmente o assunto, afirmando que houve, de facto, contactos com o treinador do Braga, mas que não foi agora..

"Fiz um contacto com o Carvalhal há quase um ano, não agora. Assim como outros técnicos, mas estou a responder que já tive de facto um contacto com ele. Mas Carvalhal tem contrato. Esta janela de transferências é um pouco diferente, toda a gente tem contrato, não é final de temporada", reforçou o vice-presidente do Flamengo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.