O 4 de Abril do Cuando Cubango anunciou esta segunda-feira a sua desistência do campeonato angolano de futebol da primeira divisão, Girabola, por falta de dinheiro.

O facto foi tornado público, em Menongue, pelo presidente da mesa da assembleia-geral do clube, Ernesto Kiteculo, durante uma conferência de imprensa, tendo valorizado o empenho dos cofundadores, equipa técnica, atletas e outros trabalhadores da agremiação por tudo quanto foi feito até então.

O dirigente referiu que a equipa deu provas de que a população encontra no desporto, fundamentalmente no futebol, um meio para abster-se de práticas erradas na sociedade.

O 4 de Abril ocupa a 14ª posição do Girabola2016 com 16 pontos. Em 17 jogos, registou três vitórias, sete empates e igual número de derrotas.

No entanto, o dirigente deixou um apelo às pessoas que gostam do futebol e possam acudir a tal situação. “É triste anunciarmos isso, mas a direção do clube por razões de natureza financeira declara a sua desistência no campeonato nacional”, disse, salientando ser a única saída.

Por seu turno, o presidente da associação local da modalidade, Carlos Jonas, disse que, apesar do anúncio, ainda não foi formalizada a desistência da equipa na maior prova do futebol angolano, uma vez que não foi submetida nenhuma documentação oficial a respeito na sua instituição, nem na Federação Angolana de Futebol (FAF).

A concretizar-se a desistência, o clube incorre em várias sanções como a suspensão por mais de dois anos, multa e indemnização aos atletas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.