O principal campeonato de futebol do Brasil, o Brasileirão, deve regressar em 09 de agosto, informou esta quinta-feira a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), uma data que depende ainda do aval das autoidades de saúde.

"O Campeonato Brasileiro da Série A poderá regressar no dia 09 de agosto, domingo. A Série B tem data prevista de recomeço para 08 de agosto", pode ler-se num comunicado publicado no 'site' da CBF.

O organismo liderado por Rogério Caboclo explicou que "a decisão foi tomada na noite desta quinta-feira, em reunião convocada pela CBF, junto com a Comissão Nacional de Clubes (CNC), com a participação dos 40 clubes que disputam as duas séries".

Contudo, salienta-se, "o recomeço do futebol depende da autorização das autoridades de saúde".

A CBF sublinhou que dos 20 clubes que disputam o Brasileirão, 19 disponibilizaram-se a jogar fora das suas cidades, em última instância, caso até lá as autoridades de saúde não permitam a realização de jogos nos respetivos municípios.

O Brasil registou na quinta-feira 1.141 mortos pela covid-19 e elevou para 54.971 o número de óbitos, segundo o Ministério da Saúde do país.

Em relação ao número de infetados, o Brasil contabilizou no mesmo dia 39.483 novos casos, num total de 1.228.114 pessoas diagnosticadas com o novo coronavírus.

A letalidade da doença no Brasil, segundo país do mundo com mais mortos e infetados, mantém-se em 4,5%.

São Paulo continua a ser o foco da pandemia no país, concentrando oficialmente 248.587 casos de infeção e 13.759 vítimas mortais.

Seguem-se os estados do Rio de Janeiro, que acumula 105.897 infetados e 9.450 vítimas mortais, Ceará, que tem hoje 102.126 casos confirmados e 5.875 mortes, e Pará, que contabiliza oficialmente 94.036 contágios e 4.748 óbitos devido à covid-19.

A pandemia de covid-19 já provocou quase 484 mil mortos e infetou mais de 9,5 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência de notícias France-Presse (AFP).

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.