O treinador Rogério Ceni abandonou o comando técnico da equipa de futebol do Flamengo, oito meses depois de ser contratado, informou nas redes sociais o clube brasileiro.

“O Clube de Regatas do Flamengo informa que não continuará com Rogério Ceni à frente do ‘time’ principal. O clube agradece pelos serviços prestados e deseja sucesso nos próximos desafios”, refere o clube no Twitter.

Na mesma nota, o Flamengo adianta que a equipa do Rio de Janeiro será orientada no jogo de domingo diante da Chapecoense, da 11.ª jornada do campeonato brasileiro, pelo técnico Maurício Sousa, treinador dos sub-20 do clube.

Depois de conquistar com o treinador português Jorge Jesus o campeonato brasileiro e a Taça dos Libertadores em 2019, o clube contratou o espanhol Domènec Torrent, que acabou despedido e substituído por Ceni em novembro de 2020.

O antigo guarda-redes do São Paulo conseguiu levar a equipa à revalidação do título no campeonato, mas não resistiu aos maus resultados no início desta época e sai num momento em que o Flamengo é 12.º classificado no ‘Brasileirão’, a 10 pontos do líder, o Palmeiras, do português Abel Ferreira.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.