O Palmeiras, de Abel Ferreira, voltou a 'tropeçar' no Brasileirão, desta feita ao empatar sem golos na casa do Bahia, somando assim o quinto jogo consecutivo sem vencer na competição.

No final da partida, o treinador português apontou para as muitas ausências na sua equipa, entre lesionados e jogadores chamados às seleções, e para a sobrecarga de jogos.

"Vou responder de forma simples e clara. Quando o Palmeiras tem todo o plantel disponível, somos muito fortes e competitivos. Mas não podemos fechar os olhos à realidade. Foram mais duas lesões. Nós temos um dos melhores plantéis do Brasil quando estamos todos e já mostramos isso. Eu confio neles e eles confiam em mim", começou por dizer.

"Faltou capacidade física. O Jorge, por exemplo, voltou de lesão. Os rapazes, mais uma vez, tentaram e esforçaram-se. É desumano o que fazem com os jogadores aqui. Ficámos sem mais dois jogadores hoje... É insana a quantidade de jogos... Enfim, vamos ver como acabamos o campeonato com a quantidade de jogos que temos", lamentou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.