O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, garantiu que Jorge Jesus vai estar na segunda-feira no Rio de Janeiro a dar o treino à equipa brasileira. Recorde-se que a Sport TV avançou que o treinador português viajava para Lisboa no sábado para acertar a transferência para o Benfica.

"Na segunda-feira ele estará a treinar a equipa. É isso que está marcado. Todos estão dispensados hoje [quarta-feira] e treinarão na segunda-feira. Estamos a contar com ele lá na segunda-feira, foi o que eu falei agora com ele no balneário. Todos têm direito, ganharam um título. Vamos dar uns dias de folga", disse o líder máximo do Mengão após a conquista do Estadual Carioca.

Questionado sobre se Jesus tinha falado sobre o interesse do Benfica, Rodolfo Landim assegurou: "Ele não falou nada sobre isso."

O Flamengo, de Jorge Jesus, conquistou na quarta-feira o seu quarto título do ano, ao vencer o Fluminense por 1-0, em jogo da segunda mão da final do campeonato do Rio de Janeiro, depois de ter vencido o primeiro encontro por 2-1.

Os campeões brasileiros já tinham conquistado em 2020 a Supertaça sul-americana, a Supertaça brasileira e a Taça Guanabara, a primeira fase do campeonato Carioca.

Landim afirmou ainda não ter recebido nenhuma proposta pelo técnico português, numa altura em que a comunicação social portuguesa dá conta do interesse do Benfica, enquanto Marcos Braz, o vice-presidente do clube para o futebol, acrescentou, também em declarações à Globo, que o próximo treino da equipa está previsto para a tarde de terça-feira e que o mesmo foi marcado pela equipa técnica liderada por Jesus.

“Foi uma semana conturbada, mas com final feliz. Isso é que importa. Não adianta ter uma semana calma com final triste. Vai tudo dar certo. Tenham uma boa noite. Calma, fiquem tranquilos. É a vida que segue”, disse, sem concretizar, Braz.

Em declarações à Fla TV, Jorge Jesus também apontou terça-feira como data do regresso aos treinos, depois de felicitar os seus jogadores pela conquista.

“Parabéns para o Flamengo e também para o nosso rival, que foi muito competente e nos obrigou a jogar dentro dos limites. É verdade que nos faltou alguma criatividade da primeira linha ofensiva, mas é mérito do Fluminense. O nosso objetivo era vencer esse troféu, o último que faltava, principalmente eu, que nunca ganhei um estadual”, referiu Jesus.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.