16 meses depois de ter anunciado a sua reforma, Rivaldo voltou ao relvado para ajudar o seu Mogim Mirim a sair do fundo da tabela da série B.

O médio esteve 67 minutos em campo e funcionou como talismã para a formação uma vez Mogi Mirim venceu o Náutico por 2-1, alcançando o seu primeiro triunfo em 11 jornadas da série B do Brasileirão.

Rivaldo teve nos pés a oportunidade marcar através da cobrança de um livre, mas foi do banco que viu Serginho fazer o golo da vitória aos 88 minutos.

No final, o antigo internacional brasileiro ressaltou a importância do triunfo.

"Depois de um ano e três meses parado, voltei a treinar e, com 20 dias, fui para o jogo. Isso motiva qualquer jogador mais novo. Voltei para ajudar o grupo a sair dessa situação. Estou com 43 anos e teve gente que não me respeitou. Passamos um momento difícil, dez jogos sem vencer, e agora conseguimos. Vamos lutar até o final para sair e pensar até em uma classificação. Ainda é possível reverter”, afirmou.

O Mogi soma agora seis pontos, mantém o último lugar da série B, mas alcança o Ceará.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.