Passaram dois anos e meio depois da hecatombe no Brasil no Mundial de 2014. Os 'canarinhos' foram esmagados pela Alemanha por 7-1. O antigo selecionador brasileiro Luís Filipe Scolari garante que um resultado igual "nem daqui a dois mil anos".

"O resultado absurdo contra a Alemanha não refletiu a nossa situação. Estávamos a jogar bem mas naquele jogo houve uma falha coletiva geral. Posso garantir que só vai acontecer um resultado igual daqui a uns dois mil anos...", afirmou o técnico em entrevista ao site Chuteira FC.

O técnico respondeu aos críticos que o culpam pela humilhação histórica.

"O mínimo que eu posso dizer é que se dizem que sou o culpado pela derrota de 2014, também sou o responsável pela vitória em 2002 (ano em que o Brasil se sagrou campeão mundial). Eu pergunto: quem é o último campeão do mundo com o Brasil? Sou eu. Então, se perdi sozinho em 2014, ganhei sozinho em 2002", atirou Scolari, atualmente a treinar o Guangzhou Evergrande, da China.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.