A manifestação reuniu associações de adeptos de meia centena de clubes da primeira, segunda e terceira Divisões, para denunciar as políticas comerciais da Federação (DFB) e Liga (DFL) de futebol alemãs, e decorreu sem incidentes, apesar da presença de adeptos de clubes rivais.

Com forte presença policial, os manifestantes desfilaram em protesto contra a omnipotência das cadeias de televisão que decidem os pontapés de saída dos jogos e contra a estratégia da polícia nos dias de jogos, que acusam de por vezes ser violenta.

“As pessoas devem compreender que é assim que se viram contra si os adeptos e que se mata o ambiente nos estádios”, explicou Wilko Zicht, da associação Adeptos Activos para o Futebol.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.