O Bayern de Munique colocou-se hoje a uma vitória da revalidação do título de campeão, ao vencer por 2-0 o Bayer Leverkusen, na 30.ª jornada da Liga alemã de futebol, enquanto o Schalke foi relegado ao segundo escalão.

Em Munique, mesmo sem Robert Lewandowski, ainda a recuperar de lesão, os bávaros resolveram a partida no primeiro quarto de hora, com Maxim Choupo-Moting a inaugurar o marcador, logo aos sete minutos, e Joshua Kimmich a dilatar a vantagem, aos 13.

A formação comandada por Hans-Dieter Flick capitalizou da melhor forma a derrota do Leipzig em Colónia e consolidou ainda mais a liderança, com 71 pontos, mais 10 do que os ‘touros vermelhos’, que ocupam o segundo posto, enquanto o Bayer Leverkusen segue no sexto lugar, com 47.

Com quatro jornadas por disputar, o Bayern está a apenas uma vitória de arrecadar o nono título de campeão alemão consecutivo, o que poderá acontecer no sábado, na visita ao Mainz, na partida da 31.ª ronda.

Para este ‘cenário’ contribuiu – e de que forma – o desaire do Lepizig diante do Colónia, por 2-1, com Jonas Hector a ‘bisar’ para a formação da casa, aos 46 e 60 minutos, sendo que, pelo meio, o maliano Amadou Haidara empatou o encontro, aos 59.

O Colónia, que vinha de nove jogos sem vencer na ‘Bundesliga’, desde 06 de fevereiro, continua a lutar pela ‘sobrevivência’, ocupando o 17.º e penúltimo lugar, com 26 pontos, os mesmos do Hertha, que tem menos dois jogos e ocupa o posto de acesso ao ‘play-off’ de manutenção.

Já o Eintracht Frankfurt está cada vez mais próximo de assegurar uma vaga na Liga dos Campeões da próxima temporada, depois de ter vencido por 2-0 o Augsburgo, com tentos do austríaco Martin Hinteregger, aos 37 minutos, e do internacional português André Silva, aos 58.

O avançado luso assinou o 24.º golo na ‘Bundesliga’ e isolou-se na vice-liderança dos melhores marcadores da prova, com mais um do que o norueguês Erling Haaland (23), do Borussia Dortmund, mas ainda bastante distante do líder Robert Lewandowski (35).

Se o Bayern está próximo de confirmar mais um título de campeão, o lanterna-vermelha Schalke viu já hoje confirmada a despromoção ao segundo escalão, 30 anos depois de ter garantido o regresso à divisão principal, em 1991.

Com o internacional português Gonçalo Paciência no ‘onze’, o Schalke somou a 21.ª derrota no campeonato, no reduto do Arminia Bielefeld, por 1-0, com um golo de Fabian Klos, aos 50 minutos, e já não tem qualquer possibilidade de abandonar os çugares de descida, uma vez que faltam disputar 12 pontos e os ‘mineiros’ estão a 13 do Hertha, equipa situada no 16.º posto, que dá ainda acesso ao 'play-off' de manutenção.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.