O presidente do Bayern de Munique, Karl-Heinz Rummenigge, ameaçou esta terça-feira avançar com um processo contra a Federação Holandesa de Futebol (KNVB) para obter uma indemnização pela lesão Arjen Robben, sofrida num particular antes do Mundial 2010 na África do Sul.

"Se não encontrarmos uma solução justa e razoável com os holandeses, não teremos outra escolha a não ser apresentar uma denúncia contra eles e o seu médico", declarou Rummenigge.

"Eles são os únicos responsáveis", insistiu o líder bávaro, ao comentar a lesão muscular que deve deixar Robben afastado dos relvados até Janeiro.

A primeira reunião de conciliação, realizada no sábado passado em Munique, entre dirigentes do Bayern e da KNVB não encontrou chegou a nenhuma conclusão.

Rummenigge afirmou ainda que o prejuízo do clube chegaria a 10 milhões de euros.

Robben, eleito o melhor jogador da Bundesliga na temporada 2009-10, sofreu uma lesão no passado dia 5 de Junho num amigável frente à Hungria.

O clube alemão critica ainda o facto de a Holanda ter obrigado Robben a disputar o Mundial.

"Ele nunca deveria ter participado na Mundial 2010", disse Rummenigge sem no entanto criticar o atleta. "Todos os jogadores querem disputar o Mundial. Arjen tem 26 anos tinha acabado de fazer uma temporada magnífica".

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.