O Mainz perdeu hoje por 1-0 em Friburgo e pode ver o líder do campeonato alemão de futebol Borussia de Dortmund fugir, enquanto o Bayern Munique empatou 3-3 no reduto do Borussia Monchengladbach e caiu para 10.º lugar.

Na 11.ª ronda, a formação sensação da temporada sofreu o segundo desaire consecutivo, após a derrota caseira com o comandante (0-2), por culpa de um golo do senegalês Papiss Cissé, aos 64 minutos, de grande penalidade.

Com esta derrota, o Mainz, segundo colocado, manteve-se com 24 pontos e pode ficar a quatro do primeiro, caso o Borussia de Dortmund triunfe domingo em Hannover.

Em crise continua o campeão Bayern Munique, que só se salvou da derrota no campo do último aos 84 minutos, quando o defesa Philipp Lahm estabeleceu o 3-3 final.

Os outros tentos dos bávaros, que viraram na primeira parte de 0-1 para 2-1, foram apontados por Mário Gomez, aos 11 minutos, e Bastian Schweinsteiger, aos 40.

Aos 43 minutos, Schweinsteiger poderia ter lançado o Bayern Munique para o triunfo, mas desperdiçou uma grande penalidade e, após o intervalo, os locais marcaram dois.

Depois de Patrick Hermann ter adiantado os anfitriões, aos cinco minutos, Marco Reus, aos 56, e o suplente belga Igor De Camargo, aos 61, deram uma segunda vantagem ao Borussia de Monchengladbach, que Lahm anulou.

Com o empate, o Bayern Munique passou a somar 16 pontos e foi ultrapassado por três conjuntos (Friburgo, Hamburgo e Nuremberga), que ganharam e contabilizam agora 18.

Enquanto o Friburgo bateu o Mainz, o Hamburgo recebeu e bateu o Hoffenheim por 2-1, com uma assistência e um golo, aos 83 minutos, do croata Mladen Petric.

Por seu lado, o Nuremberga ganhou em casa ao Colónia por 3-1, com tentos de Jens Hegeler, do turco Ilkayl Gundogan e de Julian Schieber. O brasileiro e ex-vimaranense Geromel faturou para os forasteiros, desfalcados de Petit.

No outro encontro disputado hoje, o Eintracht Frankfurt ascendeu provisoriamente ao terceiro lugar, ao vencer por 3-1 na recepção ao Wolfsburgo, com dois golos do grego Theofanis Gekas, um deles de grande penalidade.

Sexta-feira, na abertura da ronda, o Schalke 04, adversário do Benfica na Liga dos Campeões, conquistou o primeiro triunfo caseiro, ao ganhar ao St. Pauli por 3-0, com um “bis” do espanhol Raul e um tento do holandês Huntelaar.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.