O Bayern Munique goleou hoje o Hertha de Berlim, por 4-1, e manteve a distância de seis pontos na liderança para o segundo colocado Borussia Dortmund, após concluídas 20 jornadas na Liga alemã de futebol.

Na capital germânica, o médio francês Coretin Tolisso, que viu o videoarbitro (VAR) anular-lhe um golo, logo a abrir, por posição irregular, colocou os bávaros na frente, mas quando estavam decorridos 25 minutos.

Em cima do intervalo, o avançado Thomas Muller (45 minutos) dilatou a vantagem, que chegou a números de goleada já a reta final do desafio, face aos tentos de Leroy Sane (75) e Serge Gnabry (79), antes do recém-entrado Jurgen Ekkelenkamp (81) encurtar distâncias para o Hertha, que prossegue no 13.º posto, com 22 pontos, os mesmos do Borussia Mönchengladbach.

Já a equipa comandada por Julian Nagelsmann, contabiliza 49 no topo da Bundesliga, contra os 43 do Dortmund, 35 do Bayer Leverkusen (terceiro) e 34 do Union Berlim (quarto).

Mais cedo, o Leipzig recebeu e venceu o Wolfsburgo, por 2-0, e ascendeu à sexta posição, que dá acesso às competições europeias.

Após um primeiro tempo sem golos, foi já perto do fim que o húngaro Willi Orban colocou os locais no comando do marcador, à passagem do minuto 76, uma vantagem que viria ser ampliada pelos pés do croata Josko Gvardiol, aos 84.

O internacional português André Silva atuou os 90 minutos na frente de ataque dos anfitriões.

Com esta vitória, a terceira consecutiva, o Leipzig passou a somar 31 pontos, os mesmos do Hoffenheim, enquanto o Wolfsburgo ocupa a 15.ª posição, a primeira acima da ‘linha de água’, com 21.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.