Com Renato Sanchez no banco, a equipa bávara impôs-se com a dupla Robert Lewandowski e Arjen Robben em destaque (aos 19 e 48 minutos, o holandês assistiu para a finalização do polaco, enquanto, aos 21 minutos, foi a vez de Robben dar a melhor sequência a uma assistência de Lewandowski).

O golo solitário do Augsburgo surgiu aos 67 minutos, pelo sul-coreano Ja-Cheol Koo.

Também o Leipzig, em segundo no campeonato, impôs-se por 2-0 ao Darmstadt, com dois golos do austríaco Marcel Sabitzer, aos 57 e 82 minutos.

O Friburgo, por seu turno, foi a Bremen vencer a equipa local por 3-1, ascendendo assim ao sétimo lugar da ´Bundesliga´.

Maximilian Philipp (29 minutos), Vicenzo Grifo (39) e Amir Abrashi (75) marcaram para o Friburgo, Santiago Garcia reduziu para o Werder Bremen, aos 67 minutos.

O Mainz também conseguiu à nona jornada subir posições no campeonato alemão (é agora nono), ao vencer em casa o Ingolstadt por 2-0 (Yunus Mali converteu uma grande penalidade aos 51 minutos, Levin Oztunali ampliou aos 85 minutos).

À nona jornada, o Wolfsburgo não conseguiu inverter a crise de resultados, voltando a perder, desta vez na Volkswagen Arena por 2-1 com o Bayer Leverkusen.

A equipa da casa, que está em 16.° e antepenúltimo lugar, até se adiantou no marcador aos 37 minutos, por Maximilian Arnold, mas deixaria escapar a vantagem em quatro minutos, já no final da partida (marcaram pelo Leverkusen Admir Mehmedi, aos 79 minutos, e Tin Jedvaj, aos 83 minutos).

Hoje ainda, o Borussia Dortmund recebe o Schalke 04.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.