O internacional alemão Jérôme Boateng, jogador do Bayern Munique, encontra-se sob investigação do Ministério Público de Munique na sequência da morte da sua antiga namorada, Kasia Lenhardt, encontrada morta a 9 de fevereiro passado num apartamento em Berlim.

Depois de os primeiros indícios apontarem para um eventual suicídio, a Associated Press, que cita fonte judicial, dá agora conta da reabertura do processo e diz mesmo que Boateng estará sob investigação.

A Procuradoria local confirmou que um processo que datava de 20 de dezembro de 2019 por agressões de Boateng à ex-companheira foi agora reaberto.

Kasia não quis, na altura, prosseguir com a queixa, tendo o caso sido arquivado. Porem, foi agora reaberto apos a sua morte. "O processo foi retomado a 10 de fevereiro porque recebemos novas informações sobre a investigação que está em curso em Berlim. As investigações vão continuar", confirmou Anne Leiding, do Ministério Público de Munique, citada por um jornal local.

Boateng está envolvido em outro alegado caso de agressão, contra a ex-mulher Sherin Senler, mãe dos seus dois filhos, mas o julgamento tem sido várias vezes adiado por causa da pandemia da covid-19.

O advogado do jogador, de 32 anos, defendeu que, tanto no caso de Kasia Lenhardt como no de Sherin Senler, a alegações são falsas.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.