O Borussia Dortmund, sem o português Raphael Guerreiro, lesionado, estreou-se hoje na edição 2019/20 da Liga alemã de futebol com uma goleada ao Augsburgo, por 5-1.

A formação de Dortmund, que já tinha iniciado a época com a conquista da Supertaça, teve melhor estreia na 'Bundesliga' do que o campeão e rival Bayern Munique, que empatou na sexta-feira, ao estrear-se com uma vitória ‘gorda’.

No Signal Iduna Park, a equipa até esteve a perder, graças a um golo de Niederlechner no primeiro minuto, mas Paco Alcácer, que viria a 'bisar' na partida, igualou quase de imediato, aos três minutos.

Na segunda parte, o espanhol voltaria a marcar (4-1, aos 59 minutos), já depois de Jadon Sancho (51) e Marco Reus (57) também marcarem, enquanto Julian Brandt, reforço proveniente do Bayer Leverkusen, fechou a contagem em 5-1, aos 82.

Depois de o Bayern Munique ter empatado na sexta-feira na receção ao Hertha Berlim (2-2), os jogos de hoje da primeira jornada deram a vitória a todas as equipas que jogaram em casa, com exceção do Werder Bremen.

O clube, que se tornou hoje o recordista de jogos disputados na 'Bundesliga', com 1.867 encontros desde 1963, data da criação da prova com o atual modelo e ultrapassando o despromovido Hamburgo, não teve a melhor das celebrações.

Em casa, diante do Fortuna Dusseldorf, a formação de Bremen perdeu por 3-1.

Bayer Leverkusen e Wolfsburgo, que receberam os promovidos Paderborn e Colónia, ganharam por 3-2 e 2-1, respetivamente, e o Friburgo conseguiu em seis minutos, a partir dos 81, marcar três golos e vencer em casa o Mainz (3-0).

Ainda hoje, o Borussia Moenchengladbach recebe o Schalke 04, numa jornada inaugural que se completa apenas no domingo com os jogos Eintracht Frankfurt-Hoffenheim e Union Berlim-Leipzig.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.