Um ‘bis’ de Haaland e um golo do jovem futebolista norte-americano Giovanni Reyna permitiram hoje ao Borussia Dortmund entrar da melhor maneira na 'Bundesliga' 2020/21, ao vencer o Borussia Moenchegladbach.

Em casa, frente ao Moenchengladbach, foi Reyna, avançado de 17 anos, filho do antigo internacional norte-americano Cláudio Reyna, a desfazer o nulo, aos 37 minutos de jogo.

O jovem avançado, que é neto de uma portuguesa e que se estreou na equipa principal do Dortmund há apenas uns meses, em janeiro, marcou o segundo golo em poucos dias, depois de na última semana já ter marcado para a Taça da Alemanha.

Na segunda parte, coube à ‘estrela’ norueguesa Erling Haaland continuar a mostrar que é um caso sério no futebol atual e dilatou a vantagem do Dortmund para 3-0, com golos aos 54 (de penálti) e aos 77, após uma bela assistência de Jadon Sancho.

A 'Bundesliga' arrancou na sexta-feira, com a goleada do campeão europeu Bayern Munique ao Schalke, por 8-0, e já hoje Hertha Berlim, Friburgo, Hoffenheim e Augsburgo foram vencer aos terrenos de Werder Bremen (4-1), Estugarda (3-2), Colónia (3-2) e Union Berlin (3-1).

O único empate aconteceu em Frankfurt, com o Eintracht a não conseguir levar de vencida o promovido Arminia Bielefeld (1-1), num jogo em que André Silva evitou a derrota, ao marcar de cabeça, aos 62 minutos.

A jornada inaugural prossegue no domingo, com os jogos entre Leipzig e Mainz, e Wolfsburgo e Bayer Leverkusen.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.