A saída do técnico italiano do Bayern Munique continua a dar que falar na Alemanha numa altura em que o emblema bávaro anunciou o regresso de Jupp Heynckes ao cargo.

Em declarações à imprensa italiana no momento em que recebia um prémio pelo livro "Il Leader Calmo", Carlo Ancelotti voltou a abordar a sua saída do Bayern Munique.

"Não sei se a minha abordagem é a mais correta. Quando deixei o Real Madrid, disseram-me que era demasiado próximo com os jogadores Depois fui despedido pelo Bayern porque, dizem eles, tinha um mau relacionamento com os jogadores. Só para esclarecer, o Bayern disse-me para ir de férias mais cedo", atirou o treinador italiano.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.