Os jogadores do Bayern Munique aceitaram um corte de 20% na folha salarial, avança esta terça-feira o jornal alemão 'Bild'.

Segundo aquela publicação, todos os jogadores do plantel, bem como os membros do Conselho de Administração e da direção, aceitaram essa redução nos seus ordenados. O custo fixo salarial do clube bávaro na presente temporada ronda os 336,2 milhões de euros.

O plantel do Bayern é, assim, mais um a dar o exemplo no máximo escalão do futebol alemão, onde vários jogadores aceitaram já baixar os salários para ajudarem os respetivos clubes a combater a crise provocada pela pandemia do novo coronavírus. Os primeiros a aceitá-lo foram os jogadores do Borussia Mönchengladbach, exemplo seguido pelos futebolistas do plantel principal de Werder Bremen e Schalke 04.

Borussia Dortmund e Bayer Leverkusen também estão negociações para chegar a acordo idêntico.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.