“O presidente do Hamburgo, Bernd Hoffmann, em declarações ao canal de televisão Sky reprovou o comportamento do jogador: “É totalmente inaceitável. Iremos agir em conformidade”.

Tudo isto aconteceu no final do jogo com o Hannover quando Guerrero se dirigia para os balneários debaixo de um grande coro de assobios.

De repente, um adepto terá dito algo que o jogador não gostou e este atirou-lhe de pronto com uma garrafa de água.

Guerrero teve depois de ser travado pelos seguranças pois queria atirar-se sobre o público.

Veja aqui o vídeo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.