O avançado internacional português Vieirinha contribuiu hoje com um golo para a primeira vitória do Wolfsburgo no campeonato alemão de futebol, na receção ao Schalke 04, por 4-0, em jogo da segunda jornada da prova.

Vieirinha, que foi dispensado do recente jogo particular da seleção portuguesa com a Holanda (1-1), marcou aos 61 minutos o segundo golo do Wolsfurgo, que tinha chegado empatado 0-0 ao intervalo, mas arrancou para a goleada na segunda parte, também com tentos também de Robin Knoche (55), Naldo (68) e Stefan Kutschke (90).

Depois da derrota na ronda inaugural, o Wolfsburgo estreou-se a ganhar no campeonato, que tem quatro equipas com seis pontos no topo, entre as quais o Bayern de Munique, campeão alemão e europeu em título, que hoje se impôs com muita dificuldade ao “lanterna vermelha” Eintracht Frankfurt.

O treinador espanhol Pep Guardiola resguardou algumas das “estrelas” bávaras no banco de suplentes, como o holandês Robben, Goetze e o reforço Thiago Alcântara, e o resultado foi uma exibição sem chama dos detentores do troféu, que ainda beneficiaram de uma grande penalidade não assinalada a favor dos anfitriões nos últimos minutos.

Frente a um adversário que tinha sido batido por 6-1 na jornada anterior, pelo Hertha de Berlim, foi um golo madrugador do avançado Mario Mandzukic, aos 13 minutos, que permitiu à equipa de Munique manter-se na senda dos êxitos, mas as restantes equipas que contam por vitórias os dois jogos disputados na prova também não passaram da vantagem mínima.

O Bayer Leverkusen beneficiou de um auto-golo de Daniel Schwaab, aos 42 minutos, para vencer em Estugarda por 1-0, o mesmo resultado obtido pelo Werder Bremen na receção ao Augsburgo, graças a um remate certeiro de Mehmet Ekici, aos 23.

O Mainz chegou a deter dois golos de vantagem na deslocação a Friburgo, marcados por Niki Zimling (64) e Nicolai Muller (68), mas terminou fechado no seu meio-campo depois de a equipa da casa ter reduzido por intermédio de Sebastian Freis (71).

O Hoffenheim obteve uma das goleadas do dia, a par do Wolfsburgo, ao vencer por 5-1 no recinto do Hamburger, muito por força de quatro golos marcados na segunda parte, destacando-se o “bis” do brasileiro Roberto Firmino, que abriu e fechou a contagem.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.