O presidente da Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF), Mário Semedo, assumiu hoje a disponibilidade para avaliar a realização do campeonato nacional, após a suspensão das competições regionais devido à pandemia de covid-19.

Em conferência de imprensa, Mário Semedo assegurou que a FCF nunca formalizou o cancelamento da época desportiva, nem impôs a retoma das competições regionais, que dão acesso ao campeonato nacional.

O Governo cabo-verdiano admitiu a possibilidade de retoma das atividades desportivas a partir de 15 de agosto para todas as ilhas, exceto para Santiago, que deverá retomar um mês depois.

“E foi neste sentido que a FCF pediu às associações regionais para que tomassem, junto dos clubes, a melhor decisão relativamente à época desportiva. Não foi uma imposição e nem deveria ser, por respeito à competência própria das associações”, frisou Mário Semedo.

O líder do organismo que rege o futebol em Cabo Verde pediu paciência, tranquilidade e entendimento a todos para que haja uma decisão sobre a conclusão da época desportiva.

E, nesse sentido, Mário Semedo assegurou que, caso sejam encontrados os campeões regionais e as condições sanitárias permitam, a FCF está disponível para avaliar a possibilidade de realizar o campeonato nacional.

Das nove ilhas habitadas do arquipélago, quatro já registaram casos da doença provocada pelo novo coronavírus: São Vicente (09), Sal (08), Boa Vista (57) e Santiago (493, dos quais 474 na Praia).

Do total, cinco pessoas acabaram por morrer, dois turistas estrangeiros regressaram aos países de origem e 266 doentes foram dados como recuperados.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.