O técnico da Académica da Praia aconselha os apaixonados do futebol a “ficarem em casa cumprindo rigorosamente as orientações” do Governo e das estruturas de saúde para que se possa “normalizar a vida o mais breve possível”.

Humberto Bettencourt, técnico que colocou a Académica da Praia a um escasso ponto de conquistar o campeonato, quando a prova foi interrompida como medida de prevenção ao novo coronavírus (COVID-19), disse que o momento exige que todo o mundo fique confinado em casa, e que a comunidade desportiva deve corresponder estas imposições.

Bettencourt, que é também presidente da Associação Nacional dos Treinadores de Futebol, tem conduzido a Académica ao comando do campeonato regional de forma invicta, mas faz o tudo por tudo para tirar a pressão sobre os jogadores, ainda que tem praticado um futebol consiste e dos mais pragmáticos no Estádio da Várzea.

Formatar uma equipa técnica e os jogadores à sua imagem, com atletas que “não são vaidosos e trabalham para conquistar os objetivos que eles mesmos determinaram” são argumentos apontados como sendo determinante num plantel que, atestou, “em momento algum traçou como objectivo ser campeão regional de Santiago Sul, mas que todos os adversários merecem o respeito”.

Nesta linha, asseverou que “ser ou não campeão só se vê no final do campeonato”, por entender ser ocasião certa para dissipar as dúvidas se os pontos amealhados cheguem para a Académica ganhar o campeonato, sublinhando, entretanto, que desde o começo deste projeto tinha a “plena convicção num bom trabalho, pelo facto de acreditar” naquilo que faz.

A Académica da Praia, segundo afiançou o seu técnico, suspendeu o treino presencial apenas quatro dias após a suspensão determinada pela Federação Cabo-verdiana de Futebol, uma vez que se optou pelo sistema de treino a distância, através de um plano específico de ensaios, mediante o recurso as novas tecnologias de comunicação.

Ao cabo de 18 jornadas a Académica soma 16 vitórias e dois empates, portanto sem qualquer derrota, o que lhe perfaz 50 pontos com um saldo de 44 golos marcados contra 09 sofridos e leva 11 pontos de vantagem sobre os segundos classificados, Boavista e Travadores.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.