O Ultramarina do Tarrafal empatou este domingo a uma bola frente ao Juventude da Furna, equipa que veio da ilha Brava e que soube dominar o jogo debaixo de um Sol escaldante que se fazia no Estádio Orlando Rodrigues.

Durante a primeira parte, a equipa da ilha Brava mostrou-se estar bem preparada para enfrentar a equipa anfitriã e conseguiu dominar na posse de bola durante os primeiros 45 minutos, tendo marcado o primeiro golo por intermédio de Black, aos 18 minutos de jogo.

No intervalo, a Federação Regional de Futebol aproveitou para entregar as medalhas e os troféus à equipa campeã regional.

Na segunda parte do jogo, o Ultramarina entrou com o objetivo de procurar o golo a todo o custo. O jogo foi bem disputado entre as duas equipas, tendo a Ultramarina chegado ao empate aos 26 minutos por Djassa.

Para o treinador da Juventude da Furna, Jorge Oliveira "Djodji", os jogadores estão de parabéns, porque, sublinhou, «depois do percurso cansativo» da viagem e do atraso que adiou o jogo e com as «péssimas condições de alojamento e o calor escaldante que se fez sentir no Tarrafal», mesmo assim, conseguiram fazer «um bom jogo» e «estão satisfeitíssimos».

Já o treinador do Ultramarina, Alcides Ramos (Tchida), mostrou-se pouco satisfeito e surpreendido com o adversário, porque, afirmou, não gostaria de perder aqueles dois pontos em casa. Entretanto fez saber que para os próximos jogos vai trabalhar «melhor para evitar surpresas».

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.