Os angolanos do Petro de Luanda estrearam-se hoje com uma derrota em Conacri, em jogo do grupo C da Liga dos Campeões Africanos de futebol, frente ao representante da República da Guiné, o Horoya, por 2-0.

A equipa guineense chegou ao intervalo já na frente do marcador, graças a um golo de Dramane Nikiema, aos 36 minutos, na execução de um penálti, mas esta não foi a única contrariedade do Petro, que viu o médio Joaquim Leitão ser expulso aos 44, por acumulação de cartões amarelos.

Na segunda parte, o Horoya confirmou o triunfo à beira do final da partida, aos 85 minutos, pelo avançado Yakhouba Barry, o que lhe confere, desde já, a liderança do grupo C, com três pontos.

As outras duas equipas do grupo, os sul africanos do Kaiser Chiefs e os marroquinos do Wydad Casablanca, ainda não fizeram a sua estreia na prova.

Entretanto, a contar para a primeira mão da última eliminatória de acesso à fase de grupos da Taça da Confederação, também conhecida como Taça Nelson Mandela, o 1.º de Agosto, orientado pelo português Paulo Duarte, já não irá receber hoje em Luanda, o Namungo, da Tanzânia, pelo facto de cinco dos seus jogadores terem feito testes positivos para a covid-19 à chegada à capital angolana.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.