O guarda-redes mexicano Guillermo Ochoa reconheceu na quarta-feira que a seleção portuguesa de futebol, que vai defrontar no domingo, na Taça das Confederações de futebol, não é apenas Cristiano Ronaldo.

“Sabemos o jogador que é, mas também há outros de qualidade, que de neutralizar. A nossa equipa prepararia o jogo da mesma maneira se [Cristiano Ronaldo] não estivesse”, afirmou Ochoa, citado pela federação mexicana, após o primeiro treino da seleção em Kazan.

O guarda-redes do Granada assumiu que os campeões da CONCACAF estão na Taça das Confederações “para tentar vencer”.

“Estamos focados no nosso futebol, trabalhamos no que queremos fazer no campo no fim de semana, praticamos dia a dia o que o treinador quer, no que somos fortes e no que temos de melhorar, mas em conjunto e não a pensar somente num jogador”, frisou Ochoa.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.