O selecionador português, Fernando Santos, afirmou hoje que a tragédia de Pedrógão Grande, que já fez mais de meia centena de mortos, "tocou muito" a comitiva lusa que está na Rússia, a participar na Taça das Confederações de futebol.

"Em meu nome e em nome dos jogadores, quero dar uma palavra a todos aqueles que estão em Portugal a sofrer muito. É uma situação que nos tocou muito a todos", afirmou Fernando Santos, após o empate (2-2) frente ao México, em Kazan, na primeira jornada do Grupo A.

Portugal atuou nesse encontro com fumos negros e, antes do início, foi realizado um minuto de silencio em homenagem às vitimas do incêndio de Pedrógão Grande, no distrito de Leiria.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.