Um grupo de adeptos do Boavista invadiu o terreno do Sporting Espinho no final do jogo da II Divisão zona centro, obrigando jogadores e árbitros a refugiarem-se no túnel e nos balneários, sob proteção policial.

O Boavista perdeu 2-0 com a equipa de Espinho, em jogo a contar para a 4.ª jornada da II Divisão zona centro, e os adeptos boavisteiros inconformados partiram a vedação do recinto desportivo, invadindo o terreno de jogo.

Não satisfeitos com a invasão de campo, os adeptos do Boavista contornaram o Estádio Comendador Manuel Violas e acabaram por entrar no posto médico, após destruição da porta, onde partiram vidros e danificaram aparelhos eletrónicos. Na sequência dos atos de vandalismo gerou-se uma batalha campal entre adeptos dos dois clubes na qual não resultaram danos pessoais.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.