"Foi um resultado atípico. Estou numa equipa que luta por não descer de divisão. Estou feliz por ter feito quatro golos", afirmou o autor do "póquer" de golos em declarações à Agência Lusa.

O "globetrotter" do futebol lusitano, que voltou a mudar de clube em Dezembro, passando do Torreense para o Penamacorense, referiu que a sua equipa está actualmente em quarto lugar numa série de seis que lutam pela manutenção (dos seis, apenas os três primeiros é que asseguram esse direito).

"Estou com esperança que a nossa equipa consiga a manutenção. Esta época já marquei 7 golos, mas espero marcar mais", concluiu.

Com 34 anos, João (Carlos Borda de Água) Peixe, natural da Nazaré, aumentou para 21 o número de clubes onde alinhou, tornando-se nesse aspecto o recordista português: esta época transferiu-se do Torreense para o Penamacorense, no “mercado” de Janeiro.

Em anos anteriores, por ordem decrescente, passou pelo Tondela, Rio Maior, UD Serra, Benfica Castelo Branco, Pedras Rubras, Estarreja, Académico de Viseu, Ionikos (Grécia), Marco, Sanjoanense, Sporting da Covilhã, Oriental, Desportivo de Beja, Desportivo das Aves, Académica, Alverca, Estrela da Amadora, Benfica e Nazarenos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.