O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) subtraiu hoje cinco pontos à Naval 1.º de Maio na II Liga, por incumprimento salarial.
Em comunicado, o órgão disciplinar federativo dá conta da «decisão de condenar a Naval – Futebol SAD na sanção de subtração de cinco pontos na tabela classificativa, pela prática da infração disciplinar prevista e punida pelo artigo 74.º, nº 1 do Regulamento Disciplinar, por motivo de incumprimento de deveres de natureza salarial».
Com esta penalização, o emblema da Figueira da Foz, que abdicou de se inscrever na edição de 2013/14 da II Liga, cai para a 18.ª posição, somando os mesmos 40 pontos do Trofense, permanecendo, mesmo assim, em lugar a salvo da despromoção.
Já em abril, a Liga Portuguesa de Futebol Profissional tinha retirado 12 pontos à Naval 1.º de Maio, na sequência de a FIFA ter determinado esta sanção por dívidas não saldadas a dois clubes brasileiros.
Esta é a segunda alteração na classificação da II Liga após o final do campeonato, uma vez que o Marítimo B foi punido com “sanção de derrota e subtração de dois pontos”, devido a inclusão irregular de jogadores no encontro com o Belenenses, da 39.ª jornada.
Desta forma, o campeão Belenenses, que tinha empatado 1-1 no terreno dos insulares, somou os três pontos da vitória e terminou o campeonato com 96, mais 23 do que o Arouca, segundo classificado, enquanto o Marítimo ficou com 46, na 16.ª posição.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.