“[O plantel] começou a ser montado tardiamente, com um grau de dificuldade elevado, mas temos um grupo personalizado e fortes perspectivas em relação ao futuro”, disse o técnico Nicolau Vaqueiro.

O treinador da formação nortenha admitiu estar “satisfeito, essencialmente com a atitude dos jogadores”, e elogiou o Vitória de Guimarães, da Liga principal, pela “cedência de jogadores a título gratuito”.

Ao defesa Vítor Bastos juntaram-se na terça-feira os avançados Marco Matias e Marcelo, todos por empréstimo dos minhotos, além do médio brasileiro Alonso, recrutado no Serra FC, do estado de Espírito Santo.

Nicolau Vaqueiro garante, no entanto, que “o plantel ainda não está fechado”, dizendo faltar um defesa esquerdo, cuja contratação obedece ao critério de rigor financeiro do clube.

“O Freddy e o Pedro Geraldo, como outros, são possibilidades, mas tudo vai depender do dinheiro que o clube tiver para investir”, justificou o técnico, insistindo na ideia de que “falta um elemento fundamental, que é um defesa esquerdo”.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.