De acordo com uma fonte judicial, uma brigada de inspectores da Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ esteve recentemente nas instalações do Estrela da Amadora e consultou toda a documentação referente ao contrato estabelecido em 2008.

A transferência de Tiago Gomes ficou fixada em 300 mil euros, como salienta a mesma fonte, mas a PJ está a averiguar a alegada falsificação do contrato de cedência temporária do jogador estabelecido entre o Estrela da Amadora, na altura presidido por António Oliveira, e o Steaua de Bucareste.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.