O presidente de um clube de futebol que disputa o campeonato da primeira divisão distrital de Portalegre morreu sábado no intervalo de um jogo entre velhas glórias do clube, em que também estava a participar como atleta.

Fonte próxima do dirigente do Grupo Desportivo e Recreativo Gafetense, do concelho do Crato, explicou hoje à agência Lusa que o homem, de 36 anos, sentiu-se indisposto ao intervalo do jogo, quando caminhava para os balneários, tendo vindo a falecer pouco tempo depois.

Fonte do Hospital de Portalegre disse à Lusa que o alerta foi dado às 18:50 de sábado, tendo sido de imediato ativada a Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER).

Chegados ao local, os profissionais de saúde constataram que alguns amigos da vítima e elementos dos bombeiros do Crato tinham já iniciado o suporte básico de vida, operação que foi desenvolvida depois pelos membros da VMER com o suporte avançado de vida.

Após estas intervenções nos balneários do clube, foi declarado o óbito do dirigente desportivo pelas 20:15.

O corpo encontra-se na morgue do hospital de Portalegre para ser autopsiado. A mesma fonte adiantou que o homem era diabético há vários anos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.