O Secretário e Estado da Juventude e do Desporto, Laurentino Dias, preferiu não comentar a possível acusação do Boavista ao Estado, depois de o caso Apito Dourado ter ficado encerrado e o clube ilibado.

"O Estado nada tem a ver com isso. Vivemos num pais democrático, em que o princípio de respeito da Lei é observado por todos e quem entende ter o direito a ser ressarcido, pode fazê-lo por via judicial. Mas não posso fazer comentário, nunca fiz e não farei agora”, disse Laurentino Dias à margem da apresentação dos VII Jogos da CPLP.

O Secretário de Estado acredita que “as autoridades desportivas, Federação e Liga de Clubes, que gerem este dossier sabem que o futebol precisa de paz e tranquilidade” e portanto espera que “não haja perturbações no futebol português”.

O Boavista foi ilibado do Caso Apito Dourado e pensa pedir indemnização ao Estado por todos os prejuízos causados nos últimos anos, em que foi remetido à II Divisão. Além disso, reclama um lugar na principal Liga portuguesa de futebol.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.