São Tomé e Príncipe foi hoje goleada pelo Sudão por 4-0, a abrir o grupo C da fase de qualificação da Taça das Nações Africanas de futebol, em jogo marcado pela expulsão prematura do guarda-redes Aldaír D’Almeida.

O Sudão chegou cedo ao golo, logo aos sete minutos, por Ramadan Agab, e o cartão vermelho exibido ao guardião são-tomense, aos 22, complicou muito a já de si árdua tarefa de enfrentar a seleção sudanesa a jogar em sua casa.

A seleção lusófona acabaria por sofrer mais três golos, o segundo em cima do intervalo, aos 44 minutos, por Ahmed Eltetsh, o terceiro num lance infeliz de Jordão Diogo, que fez autogolo, aos 62, e o quarto por Mohamed El-Rasheed, aos 77.

O Grupo C da fase de qualificação da Taça das Nações Africanas é composto pelas seleções do Sudão, que lidera com três pontos, do Gana e da África do Sul, que se defrontam na quinta-feira, e de São Tomé e Príncipe.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.