O Corinthians, de Vítor Pereira, está em desvantagem nos quartos de final da Taça do Brasil de futebol, depois de perder na quarta-feira na visita ao Atlético Goianiense por 2-0.

Em jogo da primeira mão dos ‘quartos’, a equipa paulista perdia ao intervalo por um golo, apontado por Jorginho, aos 23 minutos, e ainda sofreu o segundo já muito perto do final, com Léo Pereira a marcar ainda de fora de área, num remate em arco, aos 88.

“A vitória no Atlético Mineiro fez-nos mal. Jogámos de barriga cheia. Não lutámos por todas as bolas, chegámos sempre atrasados, eles foram sempre mais rápidos e mais fortes sobre a bola”, disse no final Vítor Pereira.

O treinador português não se coibiu de criticar a sua equipa, sublinhando que na segunda mão, em 17 de agosto, o Corinthians tem de jogar como o Atlético Goianiense o fez na primeira mão.

“Com a faca na boca, a meter o pé. Temos de ser agressivos em cada bola, disputar como se fosse a última. É a única forma de dar volta a esse resultado”, acrescentou.

Também em jogo da primeira dos quartos de final, o Flamengo empatou sem golos em casa diante do Athletico Paranaense, do ex-selecionador luso Luiz Felipe Scolari, num jogo em que David Luiz foi expulso no ‘mengão’, aos 90+7 minutos.

A primeira mão dos ‘quartos’ fica completa hoje, com os jogos São Paulo-América Mineiro e Fortaleza-Fluminense.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.