Corinthians, orientado pelo português Vítor Pereira, empatou na quarta-feira a zero na receção ao Flamengo, em encontro da primeira mão da final da Taça do Brasil em futebol, disputado na Neo Química Arena, em São Paulo.

Os forasteiros criaram mais e melhores oportunidades para marcar, mas o ‘nulo’ persistiu ate final, adiando as decisões para dentro de uma semana, no ‘mítico’ Maracanã.

O Flamengo fez as duas primeiras ameaças, por Gabigol, logo no minuto inicial, e Pedro, aos 12, para, aos 30, os dois jogadores combinarem, com o recente estreante na seleção ‘canarinha’ quase a isolar o ex-jogador do Benfica.

A resposta do Corinthians surgiu em dose tripla, com dois remates de Yuri Ribeiro, aos 36 e 41 minutos, o segundo anulado por um corte ‘in-extremis’ de Thiago Maia, e um de Renato Augusto, e fora da área, que saiu ao lado.

Já nos descontos, aos 45+2 minutos, Gabigol e Thiago Maia tentaram faturar de longe, mas o veterano guarda-redes Cássio segurou, sem problemas, os dois remates.

O ‘Fla’ reentrou melhor e ameaçou num livre direto de De Arrascaeta (47) e em dois remates de Gabigol (52 e 58), o segundo à entrada da pequena área, detido pelo instinto de Cássio.

Renato Augusto fez o primeiro remate dos locais na segunda parte, aos 60 minutos, mas algo ‘tímido’, sobretudo quando comparado com o ‘tiro’, de muito longe, do ex-Benfica David Luiz à barra, aos 66 minutos, a anteceder remates também com perigo de Éverton Ribeiro e Gabigol, aos 68.

Até ao final, os forasteiros estiveram sempre mais perto da baliza adversária, mostrando mais vontade em ganhar, mas o ‘nulo’ não se desfez, num jogo que ainda esteve interrompido alguns minutos, após alguns holofotes desligarem.

Numa final inédita, Flamengo (vencedor em 1990, 2006 e 2013), na oitava presença, e Corinthians (1995, 2002 e 2009), na sétima, procuram igualar os quatro troféus do Palmeiras, que só perde para Grêmio (cinco) e Cruzeiro (seis).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.