O Barcelona tem um "pé e meio" na final da Taça do Rei, após vencer o Villarreal por 3-1, no jogo da primeira-mão das meias-finais, disputado no Camp Nou. Messi, Iniesta e Piqué fizeram os tentos dos catalães, Trigueros marcou para o "submarino amarelo".

Pouco tempo depois de vencer o Villarreal no mesmo estádio por 3-2, para a Liga Espanhola, o Barcelona sabia que este não seria um jogo fácil. A turma de Luis Enrique tentava a décima vitória seguida, desde a derrota por 1-0 no Anoeta frente a Real Sociedad, no primeiro encontro de janeiro. Antes do jogo começar, respeitou-se um minuto de silêncio em memória de Udo Lattek, antigo treinador alemão que comandou os "culés" na década de 80 e que morreu esta semana.

Com um primeiro tempo de alto nível, o Barcelona poderia ter ido para o descanso a golear o "submarino amarelo" mas pecou muito na finalização. Perante 50 mil espetadores, o Barça só fez um golo nos primeiros 45 minutos, por Messi (aos 42), após Luis Suárez. O lance nasce de uma perda de bola de Musacchio.

O Villarreal respondeu quase com golo, num tiro de Vietto que Ter Stegen defendeu com dificuldades. O alemão que defende a baliza blaugrana "borrou a pintura" aos 49 minutos. Trigueiros ganhou a bola a Luis Suárez no meio-campo catalão, progrediu no terreno e disparou forte. A bola saiu a figura, Ter Stegen tentou defender com os punhos mas deu mal na bola e esta entrou. "Frango" monumental.

Só que o "submarino amarelo" nem teve tempo de vir a superfície, que é como quem diz, respirar. Isto porque logo aos 51 minutos Iniesta fez o 2-1, após ganhar um ressalto na área, depois de um trabalho de Luis Suárez. Seis minutos os homens de Luis Enrique dissiparam as dúvidas quanto ao vencedor do encontro quando Piqué subiu mais alto que Musacchio e desviou de cabeça um canto de Messi.

Com 3-1 no marcador, o Barcelona baixou o ritmo, sem no entanto permitir oportunidades ao Villarreal. A melhor oportunidade de golo pertenceu mesmo a Neymar, numa grande penalidade assinalada pelo árbitro Hernández Hernández, mas o avançado brasileiro permitiu a defesa de Asenjo, perdendo assim a chance para fazer o seu 25.º golo na temporada.

O jogo da segunda-mão está marcado para o dia 4 de março.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.