Com dois golos do atacante José Luis Morales, o Villarreal venceu esta quarta-feira (22) por 2-1, após prolongamento, o modesto Zamora, da 2.ª RFEF (quarta divisão do futebol espanhol), pela segunda ronda da Taça do Rei.

O Zamora abriu o ativo com um golo de cabeça de Asier Etxaburu (48'), mas Morales empatou na reta final (87'), enviando o jogo para o tempo extra, onde voltou a balançar as redes para fazer 2-1 (96').

O técnico do Villarreal, Marcelino García Toral, confirmado no cargo na semana passada, sofreu bastante na sua estreia nesta partida antecipada da segunda ronda da Taça do Rei, inicialmente prevista para ser realizada entre 5 e 7 de dezembro.

O Villarreal terá que disputar um jogo adiado da Liga Europa contra os israelitas do Maccabi Haifa no dia 6 de dezembro, o que o impediu de jogar nessas datas.

O 'Submarino Amarelo', com vários nomes indisponíveis, teve que suar muito o jogo inteiro para superar a defesa da modesta equipa zamorana, que aproveitou aquela que foi praticamente a sua única oportunidade clara para marcar.

Os jogadores de Marcelino dominaram a partida no estádio Ruta de la Plata, em Zamora, diante de um adversário muito fechado que procurava surpreender nos contra-ataques.

Perto do intervalo, Jorge Cuenca finalizou de cabeça, mas a bola ficou nas mãos do guarda-redes do Zamora, Fermín (39').

O guarda-redes da equipa da 4.ª divisão espanhola foi uma muralha que impediu que várias boas oportunidades do Villarreal se transformassem em golos.

O Submarino Amarelo não conseguia furar a defesa adversária e, após o intervalo, o Zamora saiu na frente do marcador quando Etxaburu desviou de cabeça um livre de Roger (48') para o fundo das redes do Villarreal.

Com o resultado a seu favor, o Zamora recuou para defender o 1-0 que lhe dava a tão sonhada qualificação para a próxima fase.

O segundo tempo foi de assédio total por parte da equipa visitante que esbarrava na defesa e na boa atuação de Fermín, até que Morales apareceu a três minutos do final para empatar e forçar o prolongamento.

O atacante do Villarreal rematou de fora da área, a bola desviou num defesa e traiu Fermín (87'), que pouco antes tinha defendido um disparo à queima-roupa de Gerard Moreno (87').

Morales voltou a brilhar na tempo extra ao finalizar um passe da direita de Etienne Capoue para o fundo das redes (96') e finalmente dar tranquilidade à sua equipa.

Sem nada a perder, o Zamora foi à procura do segundo golo, mas o resultado não teve alterações.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.