A Juventus ganhou hoje uma boa vantagem nas meias-finais da Taça de Itália de futebol, ao derrotar por 3-0 o Inter, na primeira mão, disputada em Turim.

O espanhol Álvaro Morata foi a grande figura do jogo, ao apontar os dois golos iniciais do resultado - o primeiro aos 36 minutos, de grande penalidade, e o segundo aos 63.

O Inter ficou reduzido a dez elementos a partir do minuto 70, por expulsão de Jeison Murillo, o que a 'Juve' aproveitou para pressionar mais e chegar ao 3-0, através do argentino Paulo Dybala, aos 83 minutos, seis depois de ter entrado em campo.

Após esta pesada derrota, os pupilos de Roberto Mancini tentarão anular a desvantagem na segunda mão, a 01 de março no estádio Giuseppe Meazza, em Milão.

Na terça-feira, uma grande penalidade convertida por Mario Balotelli permitiu ao AC Milan vencer o Alessandria, do terceiro escalão, por 1-0, no primeiro jogo da outra meia-final.

Perante a grande surpresa da competição, que jogou no ‘emprestado’ Estádio Olímpico de Turim, o AC Milan garantiu o triunfo aos 43 minutos, com o castigo máximo apontado por Balotelli.

A segunda mão desta meia-final está marcada para 29 de fevereiro, também no Giuseppe Meazza.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.