Com dois golos de Lorenzo Insigne e um de Mertens, o Nápoles conquistou hoje a Taça de Itália em futebol, pela quinta vez, após vencer a Fiorentina por enganador 3-1, na final disputada no Estádio Olímpico de Roma.

O pequeno extremo (1,63 metros) de 22 anos foi decisivo com golos aos 11 e 17 minutos aos quais o adversário respondeu com tento do médio peruano Juan Vargas (28). Com a Fiorentina balanceada no ataque, e já em superioridade numérica, o belga Mertens fechou o jogo aos 90+2.

Num desafio que começou com quase 45 de atraso, devido a graves incidentes entre adeptos fora do estádio, a Fiorentina jogou em vantagem numérica desde os 79, por expulsão de Inler, por acumulação de cartões amarelos, mas não aproveitou.

Uma perda de bola motivou o contra-ataque de Hamsik (11), que libertou na esquerda, para o remate de primeira de Insigne, com a bola a bater no poste esquerdo e entrar.

Também de contra-ataque, frente a uma Fiorentina perdida nas marcações, Higuain e Hamsik construíram o lance em que Insigne fez o segundo golo, com a bola a bater ainda no sérvio Tomovic e enganar o guarda-redes.

O Nápoles tinha uma invulgar facilidade em criar situações de perigo, mas a Fiorentina reduziu na primeira oportunidade, com uma falha de marcação a permitir que a bola chegasse a Juan Vargas, que “fuzilou” de pé esquerdo, com Pepe Reina preso ao chão.

No último lance do primeiro tempo, Aquilani marcou na sequência de livre, porém o árbitro anulou o lance por pretenso fora de jogo, que parece não existir.

A Fiorentina tomou conta do jogo no segundo tempo e aumentou a pressão após a expulsão de Inler (79), mas os adeptos ficaram incrédulos quando Ilicic (86) falhou na cara de Reina, atirando ao lado com a baliza à mercê.

Totalmente balanceado no ataque, o conjunto de Florença acabou surpreendido já nos descontos (90+2) em lance concluído pelo belga Dries Mertens.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.