A GNR de Penafiel anunciou hoje a detenção de um árbitro de futebol suspeito do crime de extorsão, por alegadamente estar a exigir uma verba de 700 euros para não denunciar uma agressão de que fora vítima.
Segundo a autoridade policial, a denúncia foi feita pelo presidente do Futebol Clube de Paço de Sousa, coletividade do concelho de Penafiel.
O suspeito, residente em Paredes, terá exigido a entrega do dinheiro, na quinta-feira, junto a uma superfície comercial de Penafiel, para não apresentar queixa em tribunal da alegada agressão ocorrida no jogo entre as equipas do Pinheiro e Paço de Sousa, realizado no sábado.
A detenção do homem, realizada na quinta-feira à noite por militares do Núcleo de Investigação Criminal (NIC), ocorreu em flagrante, quando recebia o dinheiro.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.