Em entrevista à Antena 1, Carlos Queiroz, atual selecionador do Irão e ex-selecionador nacional, não tem dúvidas de que consigo ao comando da equipa, esta estaria apurada para o Europeu da Polónia e Ucrânia, voltando a responsabilizar o antigo secretário de Estado da juventude e do desporto e o actual vice-presidente pela sua saída da Selecção.

«Comigo à frente da Selecção, a qualificação teria sido absolutamente natural, normal, consistente, e estaríamos agora na fase final do Euro.»

Carlos Queiroz deixou ainda conselhos a Paulo Bento.

«O Paulo Bento tem experiência suficiente e deve concentrar-se, preparar a equipa e isolar-se, sem ligar a essa bicharada e aos dinossauros que são pessoas que só destroem o futebol. Se isso acontecer, os adeptos vão com certeza ver Portugal uma vez mais numa final do Europeu. O conselho que dou ao Paulo Bento é que pense bem e que medite naquilo que aconteceu a todos os treinadores que passaram pela Selecção. Todos eles acabaram mal, com as suas carreiras e imagens arruinadas», afirmou Queiroz, que comentou o alegado convite a Hulk quando era selecionador.

«Isso é absolutamente patético. É um rumor e quem o divulga ainda mais pateta é. (...) Se foi convidado não foi por ninguém da Selecção. Por mim não foi, de certeza», disse em declarações à Antena 1.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.